XIX PAN WORLD CUP DE VOLEIBOL MASTER - BEACH SIX

PORTO SEGURO/BA

PERÍODO DE 27  A 30 DE NOV. DE 2018

REGULAMENTO GERAL

 I - Dos Objetivos:

 Art. 1º A XIX Pan World Cup de Voleibol Master - Beach Six de Porto Seguro será disputada de 27 a  30 de Novembro de 2018, terá como objetivos  principais, incentivar a prática do voleibol entre atletas dessa categoria e ainda, proporcionar uma integração social entre as participantes, através da prática sadia do  esporte, da amizade e da convivência, na busca por uma qualidade de vida melhor.

 II - Da Promoção, Organização e Apoio:

 Art. 2º A XIX Pan World Cup de Voleibol Master - Beach Six é promovida pelo Hotel Capitania, em razão disso, só se permite a inscrição  ou participação  de atletas que estejam  hospedadas no próprio hotel.  Organizada e dirigida pelos Profs  Lourival Faria e  Edgar Gravalos

 III- Da Participação:

 Art.3º Poderão participar da XIX Pan World Cup de Voleibol Master - Beach Six, atletas de qualquer clube, empresa, agremiações ou grupos de amigas constituídos  para esse fim.

     Art. 4º Para participar da competição, as atletas deverão  observar as  normas deste Regulamento Geral e quanto  ao local  de  hospedagem. Art. 2º.

 Art. 5º As equipes deverão ser formadas no mínimo com 08, sendo recomendável 10 e no máximo 12 atletas devidamente inscritas.

 IV- Das Modalidades e Níveis:

 Art. 6º A XVIII Pan World Cup será disputada na modalidade voleibol em quadra de areia 6 X 6,  nas categorias A, B e C,  Feminino, .

 Feminino: 6X6

 Cat. FA - Participam atletas com 40 anos ou mais, nascidas no ano de 1978. Sendo permitida a participação de duas (02) atletas com 35 anos ou mais. Nascidas em  1983 ou antes.

 Cat. FB - Participam atletas com 50 anos ou mais, nascidas no ano de 1968. Sendo permitida a participação de duas (02) atletas com 45 anos ou mais.  Nascidas em  1973 ou antes.  

 Cat. FC- Participam atletas com 60 anos ou mais, nascidas no ano de 1958. Sendo permitida a participação de duas(02) atletas com 58 anos ou mais.  Nascidas em  1960 ou antes. 

 Parágrafo Único: Há necessidade de um mínimo de 4 equipes para disputa na categoria. No caso de haver (03) três ou menos  equipes inscritas numa determinada  categoria, estas serão consultadas e em comum acordo com a organização migrarão para a categoria que esteja com o número necessário de equipes.

 V- Da Inscrição:

 Art. 7º As inscrições das equipes deverão ser feitas em formulário próprio para esse fim, e será fornecido pela organizadora do evento. Prazo final de inscrição 30 de  Setembro de 2018.

 Art. 8º As equipes poderão alterar a relação com o nome das atletas, retirando ou incluindo, até o início do Congresso Técnico da competição, que será realizado em  Porto Seguro, antes do cerimonial de abertura.  Findo este prazo, não será permitida qualquer alteração na Relação Nominal.

 Art. 9º Para fins de comprovante de identidade serão aceitos somente o RG original sem rasura, CNH, Conselhos Federais ou Passaporte com o prazo de validade  em vigor.

 Parágrafo Único: A atleta que não cumprir o disposto nos artigos  2º e 6º estará impedida de participar da partida em que sua equipe for disputar. Não cabendo recurso  desta determinação.

 Art. 10 Será permitido a uma mesma jogadora atuar em até duas (02) equipes. Desde que sejam de categorias diferentes. O chamado elástico.

 Parágrafo Único: No caso de jogo simultâneo das equipes, fica por conta e risco das atletas e responsáveis pelas equipes, quanto à participação das mesmas.

 VI- Das Disposições Técnicas:

Art. 11 A competição será disputada nas categorias A, B e C Feminino   em quadras de areia.

Art. 12 As regras do jogo, serão as mesmas adotadas pela entidade dirigente do voleibol para quadra indoor, mais as normas contidas neste regulamento e decisões oficializadas no Congresso Técnico da competição.

Parágrafo Único: 1º  O piso da quadra é de areia e as marcações com fitas próprias.

Art. 13  A altura da rede será de 2,24 metros para as  duas categorias.

Art. 14 A bola desta competição, será a Penalty Oficial para Voleibol indoor.

Parágrafo único: Não serão fornecidas bolas para aquecimento. Cada equipe deverá ter suas próprias bolas para esse fim.

Art. 15 As partidas serão disputadas em melhor de 3 (três) sets. (Dois Sets ganhos).  No sistema de pontos por rally.

Parágrafo Único: Em caso de empate em 1 x 1 em sets, o set decisivo (3º) é jogado até 15 pontos com uma diferença mínima de dois pontos.

Art. 16 As equipes deverão se apresentar uniformizadas para os jogos, com camisetas ou Top e bermudas ou shorts iguais, devendo cada jogadora estar identificada por um número, não podendo haver número repetido. Caso a equipe faça uso de camisetas, estas poderão ser identificadas com números à frente ou às costas.

Art. 17 A contagem de pontos para fins de classificação será a seguinte:

Vitória                       02 pontos.                         

Derrota                     01 pontos.                                                                                       

Derrota por WO      00 pontos.

Art. 18 Em caso de empate entre duas ou mais equipes para fins de classificação, será adotado o seguinte critério:

 a) sets average.

 b) pontos average de todos os sets disputados.

 c) sorteio.

Art. 19 Haverá tolerância de 10 minutos, apenas para o primeiro jogo da rodada.

§ 1º - Vencido este prazo, a equipe que não comparecer será dado como perdedora por WO.

§ 2º - Será considerada perdedora por WO a equipe que se apresentar para jogar com menos de 06 (seis) jogadoras.

§ 3º - No caso das duas equipes estarem com menos de 6 jogadoras cada uma, ambas serão consideradas perdedoras por WO.

Art. 20 A relação das atletas que irão participar do jogo, bem como, os documentos de identidade, deverão ser entregues ao anotador da partida 10 minutos antes do jogo.

Art. 21 Só poderão permanecer no recinto da partida as pessoas credenciadas e identificadas pela equipe de arbitragem.

Parágrafo único: O profissional de Educação Física, identificado na Relação Nominal da equipe, como técnico, deverá possuir registro atualizado do CREF, cabendo a(o) responsável pela equipe a observação do dispositivo legal.

Art. 22 Após o preenchimento da súmula, em conformidade com a relação de atletas e integrantes do banco, não será permitida nenhuma modificação na mesma.

VII – Do Sistema de Disputa:

Art. 23 A Competição será desenvolvida em duas fases:

1ª Fase (Classificatória)

2ª Fase  (Final), Será disputado através de uma Eliminatória simples, o título de Campeã, Vice Campeã e 3ª Colocadas de cada categoria.

VIII - Da Premiação:

Art. 24 Será premiada com um troféu a equipe campeã, a vice-campeã e a 3ª colocada na competição, dentro da sua categoria.

Art. 25 Serão premiadas com medalhas douradas, prateadas e bronzeadas, respectivamente, as atletas que se sagrarem campeãs, vice-campeãs e 3ª colocadas na competição, dentro da sua categoria.    

IX - Do Cerimonial de Abertura e Encerramento:

Art.26 O cerimonial de abertura será o oficial, sendo obrigatória a participação de todas as equipes inscritas.

Parágrafo Único: Solicitamos às equipes que levem suas bandeiras (Clube, Cidade, Estado, etc.) para tornar mais belo e cívico o cerimonial.

X - Da Justiça e Disciplina:

Art. 27 A atleta que participar de forma irregular de qualquer partida, estará automaticamente eliminada da competição.

Art. 28 A equipe que incluir atleta inscrita irregularmente ou por má fé, estará automaticamente eliminada da competição.

Art. 29 Quando uma equipe for eliminada da competição, serão anulados todos os seus resultados obtidos, inclusive para o caso de desempate entre duas equipes que tenham jogado contra ela.

Art. 30 A equipe que por qualquer razão se recusar a continuar a disputa da partida, depois de advertida pelo árbitro, ainda que permaneça na quadra, será considerada perdedora por WO, além de ser passível de outras penalidades prevista nas leis do jogo e deste regulamento.

Art. 31 A tabela geral dos jogos será entregue na solenidade de abertura.

Art. 32 Todos os participantes desta competição (jogadoras, técnicos, diretores, acompanhantes, etc.) serão considerados conhecedores deste regulamento, devendo respeitá-lo e sendo punidos os que venham transgredi-lo em qualquer um de seus dispositivos legais.

XI - Da Arbitragem:

Art. 33 - Todas as partidas do Torneio serão dirigidas por árbitros pertencentes à Associação de Árbitros ou por ela indicados ao Comitê Técnico.

Parágrafo único: O árbitro será a autoridade máxima dentro do campo de jogo.  De seus atos e decisões não caberão Recursos.

Art. 34 Será constituída a Comissão de Justiça Disciplinar da competição, para julgamento de transgressões e recursos.

XII - Das Disposições Gerais:

Art. 35 Os casos omissos neste Regulamento Geral e nas demais normas que regem o voleibol, serão resolvidospor uma comissão eleita para esse fim.    

Comitê Organizador

 


Contato

LFSports

São Paulo - SP
Brasil


(55 -11) 9 9894-1254